O QUE É CIFOSE?

Cifose é uma curvatura da coluna vertebral no plano sagital (olhando de perfil) na qual a convexidade é localizada na região posterior (nas costas). Quando observamos a coluna vertebral de perfil, existem quatro curvas fisiológicas: lordose cervical, cifose torácica, lordose lombar e cifose sacro coccígea.

A cifose torácica normal varia entre 20º a 45º. Quando a cifose torácica está aumentada (acima de 45º) é chamada de hipercifose.

Dentre as principais causas de hipercifose estão a cifose postural, a doença de scheuermann e a cifose congênita.

cifose_3

O QUE É CIFOSE POSTURAL (DORSO CURVO)?

A cifose postural ou dorso curvo ocorre quando não existe um comprometimento estrutural das vértebras da coluna (a cifose é flexível). Ela ocorre devido a uma postura viciosa.

É mais comum em adolescentes. Quando ocorre no sexo masculino, geralmente são meninos altos que acabam adotando uma má postura para disfarçar a sua altura. Nas meninas também pode ocorrer, como forma de esconder o crescimento das mamas. Tem caráter benigno e pode ser resolvida com fisioterapia, rpg e alongamentos.

O QUE É CIFOSE CONGÊNITA?

A cifose congênita é definida como uma cifose em decorrência de uma má formação da vértebra da coluna ocorrida no período de desenvolvimento fetal (intra-uterino).

QUAL A CLASSIFICAÇÃO DA CIFOSE CONGÊNITA?

Winter classificou a cifose congênita em três tipos (tipo i: defeito de formação, tipo II: defeito de segmentação e tipo iii: defeito misto)

QUAL O TRATAMENTO DA CIFOSE CONGÊNITA?

A história natural da cifose congênita depende do tipo da deformidade, da idade do paciente, do tempo de crescimento remanescente e da localização da deformidade. O uso de coletes ou órteses são ineficazes no caso da cifose congênita. As deformidades do tipo i são quase sempre tratadas de maneira cirúrgica devido risco de progressão e desenvolvimento de déficit neurológico. Está indicada cirurgia ao atingir 5 anos de idade e /ou curvas acima de 5o graus (objetivo é realizar fusão precoce evitando graves deformidades ou complicações neurológicas).

OUTRAS CAUSAS DA CIFOSE

Doenças neuromusculares e reumatológicas (artrite reumatóide e espondilite anquilosante); osteoporose (em idosos, ocorre enfraquecimento dos ossos e consequentemente micro fraturas); no caso de tumores, infecções (tuberculose); sequela de fraturas, dentre outras

O QUE É DOENÇA DE SCHEUERMANN?

A doença de sheuermann é a causa mais frequente de hipercifose torácica e toracolombar estruturada durante a adolescência. A incidência na população varia de 1-8%. A incidência entre os sexos é a mesma e cerca de 1/3 dos individuos tem escoliose associada. O tipo mais comum de doença de scheuermann é o torácico, com ápice entre t7 e t9. Sua causa ainda é desconhecida.

cifose3

QUAIS OS SINTOMAS DA DOENÇA DE SCHEUERMANN?

A queixa inicial relaciona-se ao aspecto estético e não à presença de dor.
O marco no exame físico é a presença da hipercifose (“corcunda”) de padrão rígido, sem flexibilidade. Muitas vezes observa-se também lordose compensatória cervical e lombar e também encurtamento da musculatura isquiotibial (posterior da coxa). A dor, quando presente, localiza-se no ápice da deformidade.

COMO É FEITO O DIAGNÓSTICO?

Sorensen, em 1964, definiu os critérios para o diagnóstico da doença de scheuermann. Segundo esse autor, a presença de três vértebras subsequentes com acunhamento maior do que 5 graus é necessária para o diagnóstico. Outros achados radiográficos comuns na doença de scheuermann são a diminuição do espaço discal no ápice da cifose, a irregularidade dos platôs vertebrais, a presença dos nódulos de schmorl e cifose maior do que 45 graus.

COMO É O TRATAMENTO CONSERVADOR DA DOENÇA DE SCHEUERMANN?

O tratamento conservador com órteses está indicado em pacientes imaturos com risser até 3 (sinal que avalia a cartilagem de crescimento ainda aberta) e que tenham curva maior do que 50 graus. O limite para o tratamento com órteses são curvas de até 75 graus.

É importante o uso da órtese por 23 horas/dia. Mesmo havendo boa correção inicial pode ocorrer perda após a retirada da órtese, por isso o acompanhamento médico regular é necessário.

Os exercícios não corrigem a deformidade, porém ajudam no alongamento muscular tanto peitoral como isquiotibiais, o que ajuda na postura.

QUANDO É INDICADA CIRURGIA N A DOENÇA DE SCHEUERMANN?

Pacientes com curvas torácicas acima de 75 graus e toraco lombares acima de 55 graus apresentam um risco maior de progressão mesmo depois da maturidade esquelética. Está indicado tratamento cirúrgico em pacientes com curvas progressivas acima de 75 graus.

AGENDE SUA CONSULTA AGORA

Nós tratamos uma série de problemas da coluna vertebral: Hérnia de disco, Dor nas Costas, Dor Ciática, Estenose do canal, Escoliose, Cifose, Fraturas na Coluna, Dor na Coluna Cervical, Dor na Coluna Lombar, Espondilolistese, etc.

Telefone:

(11) 3459-2128

Whatsapp:

(11) 99960-1592

Email:

Endereço:

Av. Pompéia, 634 cj 215– Pompéia
Ed. Vitrine Offices – São Paulo – SP
CEP 05022-000
Estacionamento com vallet.